MENSAGEM DE PLENILÚNIO 2022


Olhemos o amor, a vulnerabilidade, a dor, a força que se encontra potencialmente no nosso coração.

A egoência é centrar-se no próprio coração, na própria essência do nosso ser. Não é fechar-nos em nós mesmos de um modo egoísta. Quando nos identificamos com esse centro interior encontramos nossa conexão com o universo. A partir daí podemos amar, a partir daí podemos sentir-nos unidos aos nossos semelhantes, porque nesse centro descobrimos isto: quão semelhantes somos. Compartilhamos a mesma essência, a mesma irmandade.

Enquanto nos identificamos com a superfície de nosso ser e de nossa vida, nos sentimos separados e sozinhos. Essa solidão é um abismo que nada nem ninguém pode preencher, ainda que momentaneamente nos iludamos buscando afetos, esperando que nos amem.

A egoência do ser é o passo seguinte na evolução da humanidade. Não importa quanto tempo demoremos para chegar lá. Para lá nos dirigimos. A egoência é amor, é dor, é vulnerabilidade, é força inabalável. A felicidade que nosso mundo nos vende é uma quimera. Enquanto vamos atrás desse sonho ,cada vez mais sentimos o vazio em nosso ser. A nossa aspiração é muito mais transcendente do que sermos felizes. Nossa aspiração é viver a grandeza de nosso ser fazendo-nos infinitamente pequenos por amor à humanidade. O nosso anseio não nos centra no nosso próprio benefício, no nosso bem-estar, em nossa comodidade, mas em uma oferenda generosa de nós mesmos, que seja uma resposta genuína a inconsciência e a dor que sofrem milhões de seres humanos.

Só vivendo em harmonia com a Lei da Renúncia podemos fazer real a egoência em nós. Só assim podemos descobrir a nossa missão neste mundo. Não há amor sem dor, alegria sem tristeza, fortaleza sem debilidade. Abracemos intimamente, profundamente, a vida tal como é. Isso é a Renúncia. E abramos assim a Porta Sagrada do nosso Coração, que é o Caminho para o coração de todos os seres humanos



© Cafh 2022
Todos os direitos reservados

Missão Anual 2022

Todos os anos os membros de Cafh recebemos uma Missão Anual.

Isto nos permite fazer um trabalho concreto pelo bem de todas as pessoas diariamente, como uma maneira efetiva e direta de colaborar com a harmonia e a paz no mundo.

Diante da magnitude das dificuldades que o mundo enfrenta, podemos sentir que nossa contribuição é insignificante.

But our intention and our individual effort are multiplied through our union with the Mystical Body of Cafh.

Confiemos nesse poder e geremos esperança para a humanidade.

Desenvolvamos a Mística do Coração fazendo silêncio interior.

Detenhamo-nos tantas vezes quanto possível durante o dia para nos concentrar no aqui e agora.

Podemos nos ajudar com perguntas como, onde estou? O que estou pensando, sentindo, fazendo? com quem estou? O que a vida me traz neste instante? O que me pede? o que estou disposto ou disposta a dar?

Recordemos que o silêncio interior é uma maneira de pensar na qual somos observadores e testemunhas do nosso mundo interior.

Sem nos importar o quanto nos surpreendamos por quão afastados estamos de nosso centro, procuremos trazer à nossa consciência a Presença Divina que nos habita e a transcendência da missão que abraçamos.

Ana Cristina Flor
2022


.

  • Mensagem de Fim de Ano

  • Se pode selecionar por ano